Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

29
Jun 08

 

De certa forma triste, de certa forma feliz, voltei. Com forças retemperadas, porque foi um bom fim-de-semana... Diferente, melhor...

 

Vinha a conduzir e a pensar... algumas coisas disparatadas, outras até com algum nexo... E ao pensar numa experiência recente numa discoteca, com uma pessoa que eu já conhecia,  ocorreu-me um pensamento. Os homens, quando vêm algo que lhes agrada sexualmente, têm uma erecção. Não me lembro de nunca ter ficado molhadinha só de ver um homem... mesmo que seja de morrer... Muito interessada, tudo bem... Eufórica, ok... Pronta para avançar... sim... Mas só de o ver... Mesmo no strip masculino, e já lá fui mais de uma vez, não me lembro de ter ficado nesse estado... Talvez seja falta de atenção e memória minha... Claro que se eu fechar os olhos, me puser confortável e pensar em alguém que me estimule... consigo ficar assim... ou a ver um filme porno... mas o objectivo desta minha linha de pensamento é mesmo ponderar como nós de Vénus e os de Marte são diferentes... Não me parece que fosse ficar molhadinha numa discoteca, vendo ou dançando com qualquer homem... Mesmo tocando... Para isso precisaria de estar num ambiente próprio, ou seja, onde pudéssemos avançar para a próxima etapa... Deve ser defeito meu, sou poupadinha... ;-)

 

Tirei algumas fotos apropriadas para colocar no perfil... vamos ver se o sapo me deixa...

 

No fim-de-semana aconteceram algumas coisas engraçadas, uma delas merece-me aqui uma descrição... Numa esplanada do meu destino, estavam dois moçoilos até interessantes muito entusiasmados com a minha presença. Quando notaram que eu tinha o telemóvel em punho, um deles (tinha-o avistado, ainda naquela tarde, com uma reluzente aliança no dedo anelar direito, claro!) sacou do seu Nokia 6600 (de longe, pareceu-me ser este o modelo) e começou, pensei eu, a procurar o meu... E eu, claro, liguei o Bluetooth... costumo tê-lo desligado... Eu estava a usar o MSN no telemóvel, e ele continuava afincadamente a trabalhar no dele... Eu continuei a falar com os meus contactos... até que recebo um pedido de password para emparelhar o dispositivo com o «TóZé»... lol... recuso e volto ao MSN... Eis que recebo o mesmo pedido... Decido pôr o MSN de lado, abrir o bloco de notas, e escrevo «Estás a pedir uma password de acesso ao meu tlmv...»... Ele aceitou o ficheiro, recebeu-o e pareceu ficar todo atrapalhado, sem saber como fazer para responder... Entretanto ele teve que sair, hoje vim-me embora... ficou apenas o episódio... ou talvez não, que a minha identificação Bluetooth é o meu nome completo, que não é difícil de encontrar... Mas para quem tem um 6600 e não sabe mandar um pequeno texto... A ver vamos... é um desafio...

 

E qual foi a senha que eu tirei para ser atendida lá para os lados do meu fim-de-semana? O 69, claro... E quem é que me atendeu? Um «vintinho» muitíssimo apetecível, que levantou as sobrancelhas quando viu o número... Hum... Pena que não estava sozinha... ;-)

 

Bom... Hoje fico por aqui, que conduzir cansa e preciso do meu «sono de beleza»...

 

Beijos

 

Trintona (ou deverei dizer trintinha?)

 

 

 

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 23:05
sinto-me: Apaixonada... pela vida!
música: will.i.am - I Got It From My Mama

27
Jun 08

Pronto.

 

É hoje.

 

Vou de «mini-férias»!!!

 

IUPI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Cada vez mais doida... Enfim... Vou levar o meu livrinho, quero acabá-lo... Tirando os livros técnicos que leio por motivos profissionais, há uns bons anos que não pegava num livro. Que vergonha... Mas já comecei a redimir-me. Este tem a ver com ser mãe/pai, com a família, mas os próximos hão-de ser livros de literatura dita «normal»... Mais uma auto-promessa cumprida!

 

O yoga correu muito bem... Já não fico toda dorida... ;-)

 

Os docinhos de côco do desporto da minha filha não estavam lá todos, mas os que estavam... Até me diverti a tirar umas fotos... Estou cada vez pior... Pena é que as fotos não saíram nada de jeito... Os quarentões estão-me a sair melhor que a encomenda... E pensar que eu achava que eram só umas avionetas que tiram que recorrer à gasolina em pastilhas azuis... ;-)))))  (Olá Concorde...)

 

Hoje dei-me conta que não tenho sequer pensado no Rafeiro... Chega de pensar em quem não merece sequer um pensamento meu!!! Há tantos bichinhos com pedigree por aí...

 

E agora vou para a praia, que o bronzeado ainda não atingiu o seu esplendor máximo!!!

 

Bjs Trintona

publicado por Trintona(inha) às 12:37
sinto-me: Taããããããõ bem....
música: Rihanna - Take a bow

26
Jun 08

Não, não tive o BOM sexo que há tanto não tenho... Mas...

 

Vou de férias... ou melhor, de fim-de-semana, porque o dinheiro não dá para mais... Se para famílias com dois ordenados a coisa «tá difícil», para quem tem 1 a dividir por 3... imagine-se... Mas vou conseguir ir para fora uns dias e só isso é suficiente para levantar qualquer disposição...

 

Porque já consegui perder alguns dos kilitos a que me propus perder, que já andavam aqui há uns meses... Que a desculpa de ter tido um filho já está a passar do prazo... Mais de um ano já chega... E não estou a perdê-los «para» ninguém. Estou a perdê-los porque estou a gostar cada vez mais de mim, sei que tenho de me cuidar... E estou a adorar olhar para o espelho e gostar cada vez mais do que lá vejo!

 

Porque hoje é dia de yoga...

 

Porque tenho dois filhos lindos, saudáveis...

 

Porque hoje é dia do desporto da minha filha e sei que lá vou ver umas coisas agradáveis... :-) A prova viva que os quarentões podem ser muito, mas muito agradáveis de se olhar... E os pitos tb :-)))... Resumindo e concluindo, há de tudo, para todos os gostos!

 

Porque (talvez só quem tem um saiba o que é sentir isto) há pessoas que vêem ler o meu blog e até deixam comentários!!! ;-))))))) Obrigada a todos!

 

Bjs

Trintona

publicado por Trintona(inha) às 13:57
sinto-me:
música: Rule the world-Take That (juro que é a única que oiço deles)

Hoje apetece-me escrever sobre sexo...

 

Já que não tenho, penso e escrevo sobre ele.

 

Mas que fique claro desde cedo que não tenho porque os possíveis parceiros não me agradam... Quem me manda a mim ser exigente? E isto, como dizem por aí e com muita razão, o sexo é como o poker... ou se tem um BOM parceiro, ou se tem uma boa mão... Mas quem diz isto também nunca deve ter visitado uma sex-shop... nem on-line... Porque já inventaram há algum tempo uma coisinha muito interessante onde se põe uma ou mais pilhas e só precisamos de uma mãozinha para o manusear (ou nem isso - ai que mázinha)...

 

E tocando o assunto dos objectos sexuais, lembro-me de uma coisa que descobri ontem ou anteontem (são 1:45, o raciocínio não está muito famoso e as contas de já ser quinta-feira e ter sido há 1 ou 2 dias também não interessam nada...) encontrei neste mundo que é a net uma coisa interessantíssima que vai ser o meu presente de aniversário para mim mesma... bolinhas tailandesas... ;-)))))))))) Alguém já usou? E qual foi o resultado? Um dia destes, quando souber fazer isso e tiver tempo, tenho que pôr aqui um inquérito sobre qual o brinquedo sexual mais interessante que já experimentaram... e já agora, ponho um também sobre os sítios mais exóticos onde já fizeram amor/sexo... Que estas coisas do que é habitual fazer-se cá pelo nosso Portugal sempre me interessaram...

 

Bjs

Trintona

 

publicado por Trintona(inha) às 01:18
sinto-me:
música: Fala-me de amor - Santos & Pecadores

25
Jun 08

Ao ler um comentário de resposta a um meu num blog que costumo visitar, deparei com qualquer coisa como «quem tem um blog sujeita-se à exposição»...

 

A frase tocou-me, e muito embora não estivesse de acordo com a pessoa sobre outros pontos de vista, este é, obviamente, inegável...

 

Se não fosse para partilhar com outros seres humanos a nossa opinião, as nossas vontades... escreveríamos num diário, com uma caneta, como antigamente... Ou num qualquer pc, usando um editor de texto... Mas milhões de pessoas em todo o mundo escrevem em blogues por isso mesmo... Porque ali encontram um meio óptimo de obterem resposta às suas perguntas, ou talvez os seus 15 minutos de fama...

 

Por exemplo... Hoje obtive um feed-back de um post meu... uma coisa que ficará para sempre... A dicotomia «Rafeiro/Pitbull» na questão do morde-não-morde... é muito bom saber que assim também se poderão construir memórias que ficarão para sempre... E, não, não resisti... Mandei-lhe um MMS... :'-( 

 

Resumindo e concluindo... a exposição também pode ser boa... quando, como na vida, as pessoas «abrem a boca» para dizer coisas agradáveis... para desagradável já basta a vida...

 

Bjs

Trintona

 

 

publicado por Trintona(inha) às 01:00
sinto-me:
música: All for love - Bryan Adams
tags: ,

24
Jun 08

 

Aos 30 anos consegui finalmente guardar um segredo. Um segredo é algo que ninguém mais sabe, a não ser nós. E, em relações amorosas, convém que o outro saiba também... lol

 

Não sabem os meus co-habitantes... Não sabe nenhuma das minhas amigas... Não sabe nenhuma das minhas colegas... Da minha parte, e pela minha boca, ninguém. Confesso que já procurei uma determinada amiga no MSN para lhe contar, tal era a confusão nesta cabeça, mas ela não estava e depois já não fazia sentido.

 

Mas, sendo um segredo, não poder desabafar com ninguém... E logo complicada como é esta história... Qual é o motivo pelo qual nós, os seres humanos, desejamos mais aquilo que não podemos ter?! Cobiça? Despeito? Alguém me explique!

 

Neste momento sou eu que não o consigo tirar da cabeça... Ele também não ajuda... Ladra, ladra, mas não morde! E como eu queria que me mordesse... E depois penso em quantos bichinhos gostariam de me dar uma boa mordidela... Alguns até bem jeitosos... e eu só tenho olhos para aquele rafeiro! Será por isso mesmo? E, outra pergunta... Será que uma mordida só chegava para o tirar da cabeça de uma vez por todas?!

 

Prometo a mim própria que não lhe vou mandar SMS ou MMS... e depois dou por mim a mandar-lhe mails... às vezes tenho resposta... às vezes não... Será que 3 semanas sem o ver vão chegar? Será?

 

publicado por Trintona(inha) às 00:38
sinto-me:
música: Black Eyed Peas - My Humps
tags: , ,

23
Jun 08

 

 

 

 

Hoje não me apetece tecer considerações acerca das diferenças entre homens e mulheres... sobre o que nós queremos deles ou o que quer que seja...

 

Apenas partilhar convosco um dia muito bom, muito calmo, partilhado com os miúdos...

 

Tal como tinha prometido a mim mesma, recomecei a ler... E o que é que eu fui comprar? "A Família em Primeiro Lugar: O plano, passo a passo, para criar uma família feliz"... Provavelmente ainda vou aqui partilhar convosco algumas ideias do livro...

 

 

E posso partilhar ainda um convite que tive, de uma outra mulher... lindíssima... interessada em conhecer-me...  :-/  Este convite levantou-me, a mim, que sempre disse que não queria morrer estúpida (tradução para os mais desatentos: experimentar as lides da homossexualidade feminina), várias questões... Serei eu alguma vez bissexual? Porque homo restricta não estou a ver... O que é que eu fazia se tivessemos uma oportunidade verdadeira? Nem sei bem... Mas que ela é linda, lá isso é... O avião que eu sempre disse que não me importava de experimentar... Bem... e agora, com mais esta dúvida existencial, vou dormir, porque já é tarde e amanhã é dia de labuta!

 

 

Bjs

Tritona

 

 

publicado por Trintona(inha) às 00:10
sinto-me:
música: Clã - Problema de Expressão

21
Jun 08

 

No decurso de uma conversa com uma amiga, ocorreu-me mais um tema para o blog... Em jeito de conselho mas também de lembrete para mim, para nunca mais cometer este erro.

 

Há pessoas que se habituaram a obter o que querem na vida vitimizando-se. Ora, isto nas relações amorosas também funciona... Pelo menos do lado que eu conheço, o feminino, funciona. O menino chega, diz que foi muito infeliz nas escolhas de vida, que os pais foram maus, as ex-namoradas ou ex-mulheres eram umas megeras... E nós começamos a sentir pena, deixamo-lo aproximar-se porque gostávamos de o poder ajudar... E daí até acharmos que podemos ser nós a fazê-lo feliz é um pulinho...

 

Só que uma relação assente na premissa da pena e de apenas fazermos o outro feliz, na minha opinião, está condenada ao fracasso desde o início...

 

Não pretendo ter a receita para um relacionamento feliz (bem gostava), mas parece-me que este é mesmo um mau ponto de partida... Alguém discorda/concorda?

 

 

Bjs

 

Trintona

 

publicado por Trintona(inha) às 20:56
sinto-me:
música: da weasel - mundos mudos
tags:

18
Jun 08

Ora bem... Este assunto em que me meto hoje é complexo, logo à partida, porque o que uma trintona procura num homem (ou noutra mulher...) é bem diferente consoante o que dele/a se pretende...

 

Se apenas se procura uma noite bem agitada... talvez o mais importante seja mesmo um click de atracção que, penso, tem de haver para todas. Para mim, dou importância ao aspecto, ao saber estar, falar e ouvir... Não posso dizer moreno/loiro, gordo/magro... tudo isso depende... se calhar é bem mais importante o sex-appeal ou o charme...

 

Se o que se procura é algo mais - e parece-me necessário frizar aqui que nem todas as mulheres de trinta procuram casamento, ou sequer namorado, tal como eu o entendo, pois parece que ultimamente toda a gente que sabe da minha situação me quer arranjar um dos dois - parece-me essencial o tal click, mas mais... inteligência, sentido de humor refinado, dominar pelo menos o português e o inglês (ai, que exigente sou, dirão vocês...), ter dois ou três tostões no bolso para não se ouvir a frase «se tivesse dinheiro ia ter contigo» ou «levava-te a tal sítio», ser sempre verdadeiro (aqui está uma das mais-valias de uma trintona representativa da classe... já ouviu tantas mentiras que o radar está mais apurado), ser bom na cama (fora dela, em todo o lado que surja!) e (vem aí a pior) ser alto. Mais alto do que eu, pelo menos 10 cm. Qualquer coisa abaixo disso não tem piada.

 

Já sei... Peço coisas estranhíssimas, mas não faz mal. Já há muito tempo que sei que não existem nem príncipes encantados nem pessoas perfeitas. E como digo, não procuro ninguém para casar, dividir casa ou sequer namorar... Apaixonar-me e ser retribuída no que posso dar já me chegava... Mas até isso parece impossível neste momento...

 

Bjs

Trintona

publicado por Trintona(inha) às 22:24
sinto-me:
música: La tortura - Shakira

17
Jun 08

Olá

 

Li neste blog http://elasticodacueca.blogs.sapo.pt/6131.html esta frase, proferida pela Mimi:

«quando se junta uma trintona e um quarentão, posso garantir-vos que o sexo é uma experiencia que dá vontade de repetir muitas vezes...ao dia!»

 

Ui... Ora bem... Sou trintona há 1 ano, separada há alguns meses... só me falta o quarentão (grosso, claro, que os níveis de exigência continuam a ser elevados!) para poder dizer se isto é verdade!

 

Alguém confirma?   ;-)

 

Bjs

Trintona

 

publicado por Trintona(inha) às 21:47
sinto-me:
música: No one - Alicia Keys
tags:

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
19
20

22
28

30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

47 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO