Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

24
Jun 09

 

Faltam dois dias para umas merecidas mini-férias.

 

Praia, piscina, bike, cultura... :D

 

Esperemos que a inspiração para escrever regresse em força.

 

 

publicado por Trintona(inha) às 21:20
sinto-me: De rastos!
música: Halo - Beyoncè
tags:

17
Jun 09

 

Juro que estou a ser diferente e a tentar ser mais comunicativa.

 

Juro que estou, a cada dia, tentar pôr de parte todos os preconceitos, as minhas inibições e tudo aquilo que eu acho que é real, para que seja possível dar-te mais de mim.

 

Fiquei desiludida contigo. Julguei que eras diferente. Não sei bem como, mas, mesmo depois de conhecer essa realidade, decidi seguir em frente. Ainda hoje não sei porquê.

 

Mas apesar de desiludida, deslumbrada. E esse deslumbramento perturba-me. Perturba-me porque não é habitual em mim e porque é por ti, logo por ti.

 

Claro que me trazes fantásticos sentimentos, sensações. Sabes bem disso.

 

Mas hoje tive, pela primeira vez, a nítida sensação de que me conheço demasiado bem para saber que esta situação não vai prolongar-se mais. Não sei se estou preparada para as consequências, mas não creio.

 

Será que vamos aguentar o embate?

 

publicado por Trintona(inha) às 19:20
música: Rita Redshoes - Choose Love

16
Jun 09

 

Penso nunca ter escrito aqui a minha opinião sobre astrologia. Opinião essa baseada em alguns anos de observação da natureza humana e em consulta de alguns mapas astrais de familiares e amigos num site gratuito que costumo utilizar.

 

Eu sou do Signo Virgem. Creio corresponder aos traços gerais de personalidade deste signo (prestam muita atenção ao pormenor, meticulosos e perfeccionistas, apurados com a limpeza, boa aparência e muito preocupados com a saúde, física e mental). Claro que, quando leio as previsões para o dia ou semana de um qualquer jornal, me rio. Já não direi o mesmo de uma previsão anual, feito por alguém com alguns critérios.

 

E o mesmo poderei dizer de alguns signos com os quais me relaciono. Balança, por exemplo, jamais. Peixes... oh, peixes! E Virgem... ai, Virgem... E o que é curioso é que tudo o que encontro escrito sobre as interacções dos vários signos, corresponde à minha experiência. Será só comigo que isso acontece?

publicado por Trintona(inha) às 22:05
sinto-me: Muito bem!
música: Beyoncé - Halo
tags:

 

 

Hoje alguém conseguiu o feito de me surpreender. É coisa cada vez mais rara.

 

Mas hoje, uma pessoa conseguiu. Conseguiu ser tão falsa, tão hipócrita, tão dissimulada, que me surpreendeu. Pela negativa, é certo. Ainda consigo ter a inocência de me surpreender com situações como esta, o que é bom, de certa forma. Significa que ainda tenho uma réstia de esperança na natureza humana. E que ainda acredito. Para o bem e para o mal.

 

Vou ver se a almofada é realmente a melhor conselheira. Amanhã volto.

 

publicado por Trintona(inha) às 01:00
sinto-me: Triste, desanimada, vazia...
música: Nada hoje!

14
Jun 09

 

 

Pois é.

 

Parece-me que o blog faz hoje um ano.

Parece-me mais, talvez porque foi um ano muito intenso.

 

Como aniversariante que sou, não vou escrever um post propriamente dito.

Só agradecer a todos quantos vão comentando, dando alento à escrita.

Obrigada.

 

 

Beijo

T

publicado por Trintona(inha) às 20:36
sinto-me: Feliz
música: Chris Brown - Glow in the dark

12
Jun 09

 

Numa tentativa de melhorar a minha vida na área cultural, cravei um amigo para ir ao teatro. Sim, porque teatro e jantar num restaurante romântico são os dois sítios onde ainda não me imagino a ir sozinha. Ainda.

 

Já há muito que queria ir ver esta peça. Esperava bastante dela. Esperava que me fizesse ponderar sobre muitas coisas, sobre a realidade das outras mulheres. Fez. Não revelou nada que eu não soubesse já, coisas para as quais já me encontrava desperta. Penso que a muitas mulheres da plateia fez ver a vida de outra forma. Pelo menos assim espero.

 

Pois, para os mais "antenados", a peça é "Monólogos da Vagina".

 

Que realidades traz, na minha opinião, para a ribalta? Sim, eu sei que já está em cena há muito tempo, mas eu, como tantas outras pessoas, só fui ver agora... A realidade de mulheres que nunca conseguirão ter uma vida sexual "normal" (e as aspas aqui são porque a normalidade é muito relativa) depois de uma violação, mulheres que nunca experenciaram um orgasmo (são muitas mais do que se poderá julgar), mulheres que já experenciaram um orgasmo mas nunca numa situação onde eles são de esperar, mulheres já idosas que nunca tiveram sexo nem tão pouco um orgasmo... No início da peça lembrei-me muito do blog, de uma altura em que me senti muito grata por ter nascido nesta época, neste país, nesta região, neste meio familiar/social. Ao lembrar aquelas realidades voltei a agradecer. 

 

Na peça são feitas duas perguntas. Colocaria em jeito de desafio a quem lê este blog, a resposta a ambas: "Se a sua vagina se vestisse, o que seria?" e "Se a sua vagina falasse, o que diria?".

 

Claro que não posso lançar um desafio sem eu própria responder: "Um vestido vermelho, decotado e justo" :) e talvez qualquer coisa como "Dá-me o que tu sabes que eu quero..."

 

 

publicado por Trintona(inha) às 22:14
sinto-me: Very, very naughty!!!
música: Depeche Mode - Policy Of Truth
tags: ,

10
Jun 09

 

Estou numa daquelas fases da minha vida. Uma de mudança. Penso que comprei mais um dos livros da minha vida. Daqueles que vamos lendo e muda tudo. A visão do mundo, das outras pessoas, do nosso propósito ao passar por aqui... Sim, porque pode parecer que eu não ligo nenhuma a estas coisas, mas ligo. Penso bastante até. Mesmo assim, de menos.

 

E como eu não acredito em coincidências, quando todos os acontecimentos da minha vida se alinham, como os planetas, eu acho que se passa alguma coisa. Como se os deuses, Alá, Deus ou what ever me estivessem a mostrar algo que eu tenho mesmo que ver.

 

Por vezes acontece-me isto. Um acontecimento, uma notícia, uma alteração na minha vida... e eu penso "fixe!". Acontece a segunda e eu começo a estranhar. À terceira já liguei o radar e estou a tentar perceber o que é que o cosmos me quer mostrar. Posso até demorar tempo, mas normalmente acabo por compreender. E estou num desses momentos, ainda a tentar perceber o que é que eu tenho de integrar na minha vida, de alterar, de revolucionar. Tudo porque não acredito em coincidências. Mas também, há situações em que ninguém acreditava...

 

   

publicado por Trintona(inha) às 14:50
sinto-me: Em grande!
música: My humps - BEP

08
Jun 09

 

Deve ser o título de post mais comprido que alguma vez aqui coloquei. Mas é uma das minhas frases favoritas, e creio não a ter colocado naquele post em que comecei a escrever sobre as frases que debito frequentemente, para desgraça dos destinatários dos meus discursos...

 

É a frase que melhor me caracteriza hoje. Passei tanto tempo a ter tantas certezas sobre mim, sobre o que quero, o que não quero, para, de repente, deixar tudo para trás.

 

Mas só os loucos ou os tolos não mudam, por isso...

 

 

publicado por Trintona(inha) às 19:07
sinto-me: Bem!
música: Remember When It Rained - Josh Groban

06
Jun 09

 

Há estudos que demonstram que as pessoas mais "agradáveis à vista" são melhor atendidas, têm melhores empregos, têm mais convites sociais... Enfim, uma miríade de coisas que soam bem. Muitas vezes me interrogo se, nas relações pessoais, estas pessoas, quer homens quer mulheres, não ficam com uma visão distorcida da realidade, nem que seja a realidade dos outros.

 

Vamos ver isto da perspectiva masculina, heterossexual.

 

Um homem muito, muito interessante, para não nos pormos aqui com outro tipo de adjectivos, tem uma certa facilidade em "angariar" companhia feminina para todo o tipo de saídas. E quando digo todo, digo todo mesmo. ;)

 

Enfim, saiem, conhecem-se melhor... E ela - vamos particularizar agora - que até nem costuma "entregar os pontos" com facilidade, perde-se pelo homem tão "interessante"... e passa à acção quando bem lhe apetece. Ele fica com a ideia de que é tudo muito fácil, o que é a perspectiva dele mas não dos outros menos favorecidos pela mãe Natureza.

 

Com as mulheres as coisas assumem outra dimensão, porque para as mulheres este tipo de situação, creio eu, já está muito facilitado. Penso que é mais uma questão de que tipo de homens consegue "angariar", para que objectivos... por aí. Mas também costumo pensar muito na perspectiva distorcida (ou não) de que estas mulheres têm sobre assuntos como a infidelidade masculina. Num universo de 100 homens "comprometidos", poucos ou nenhuns são os que resistem a uma oferta de uma mulher bonita, segura de si, provocante. Que perspectiva tem ela... e as outras?

 

 

publicado por Trintona(inha) às 20:48
sinto-me: Inquisidora, como sempre!
música: Norah Jones-The Story

05
Jun 09

 

E pronto, ao fim de umas semanas (as minhas desculpas a quem isso possa ter afectado :) cá estou eu outra vez a escrever mais umas bacoradas...

 

Hoje foi um daqueles dias em que vários motivos para escrever um post se me atravessaram à frente, mas escolhi um dos que ainda me lembro.

 

Ao folhear uma brochura, encontrei um nome de uma amiga, que conheci ainda solteira. O namorado foi viver com ela, decidiram mudar de casa, casaram, tiveram um filho, baptizaram o filho. Ironia do destino, ligou-me há minutos a convidar para uma festa. Mas, voltando ao meu "motivo", foi a surpresa com que dei por mim a achar um gesto de amor encontrar a designá-la, 3 nomes. O dela, o de família e o do marido. E digo surpresa porque passei uma vida inteira a achar que era uma estupidez adoptar o nome do marido. E, mea culpa, a achar uns bananas os homens que adoptam os nomes delas.

 

Como sempre, escrever sobre o que sinto ou penso, é uma catarse para o meu cérebro. Só agora reparei que, nas últimas semanas, acho que o marido dela é extremamente parecido com alguém que me diz muito. Talvez se deva a este facto estes meus inovadores sentimentos. Ou não.

publicado por Trintona(inha) às 20:14
sinto-me: Confusa!
música: Choose Love -Rita RedShoes

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

15
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO