Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

26
Abr 09

 

Se houve dia na minha vida em que eu nada fiz segundo as minhas próprias regras, esse dia foi sábado.

 

Vivi tudo intensamente, como se não houvesse amanhã.

 

Pensei que, no Domingo, me arrependesse de tudo e não conseguisse olhar-me ao espelho.

 

Mas... nada disso se passou. Consigo olhar, consigo sentir-me bem com os meus actos, que foram escolha minha, como é óbvio.

 

De vez em quando é bom pintar fora dos limites da folha de papel. Diria mesmo que é terapêutico.

 

Boa semana!

 

 

publicado por Trintona(inha) às 22:18
sinto-me: Extasiada!
música: Human - The Killers

8 comentários:
Portanto foi digamos que explosivo?
Gonçalo a 27 de Abril de 2009 às 07:29

Olá Gonçalo

Porquê essa pergunta?

Beijo

Olá amiga,
Por vezes é necessário alargar os "limites" que nos foram impostos ou que impusemos a nós proprios não é?

Beijinhos
Marta a 27 de Abril de 2009 às 21:52

Olá!!!

Completamente! Não queria abusar da palavra, mas é libertador!

Beijos, boa noite e boa semana!

A vida só tem sentido assim mesmo. Quando temos dias ou noites dessas. Vive e continua a olhar-te ao espelho sempre assim. :)
Cláudia Oliveira a 30 de Abril de 2009 às 09:22

Olá Cláudia

:D É completamente verdade...

Beijo!


É um facto: os limites são para ultrapassar.
Se não, não fazia sentido existirem, certo?
Não obstante, aaaahhhh uuuhhhh iiihhhh, sabe tão bem constatar que não lhes ligámos patavina...
Miguel a 30 de Abril de 2009 às 13:33


Limites, regras, fronteiras, tabus... posso parecer uma adolescente, mas foram feitos para serem quebrados!

Beijo!
T

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO