Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

11
Out 08

Bom... Continuando a saga, não o vi. O Labrador, I mean. Como não o vi e não sou mulher de ficar à espera que as coisas me caiam no colo - não confundir o fim-de-semana que lhe dei para ver se era timidez, com inércia! - mandei-lhe o tal SMS. Nada de chocante, pensava eu, pois os amigos a quem contei o que escrevi apelidaram a mensagem de bombástica... Não sei. Muito simples, na minha opinião. Não o vi no seu local de trabalho toda a semana.

 

Entretanto, tal como já aqui escrevi, manter vários «projectos» permitem-me manter uma atitude tranquila com relação às questões amorosas/relacionais... E os defensores dos direitos dos homens que não se preocupem... Tudo é feito com ética e sem magoar os referidos. Eu adoro cães... não lhes faria mal... ;-)

 

Entretanto, várias pessoas continuam a perguntar-me se já arranjei namorado. A pergunta irrita-me e é equivalente a perguntarem-me: «Hum, estás a afogar-te... Queres uma bóia?» Claro que penso que ter alguém na minha vida (homem ou mulher, já voltei aos meus devaneios bissexuais!) poderá trazer-me um aumento de bem-estar. Mas estou feliz. Estou bem. Odeio que me perguntem isto em particular. E costumo responder «Porque é que queres saber?»... É pergunta que desarma, normalmente, todos os intrometidos... E se for um possível «projecto», pergunto «Porquê? Queres mandar currículo?» :-)

 

Amanhã posso precisar de mais um nome de uma raça... Alguém quer ajudar-me? Maxilar muito, muito forte, para uma boa e gostosa dentada... Mas posso estar enganada, parece que o meu instinto não anda grande coisa para estas questões...

 

Beijos!

 

 

publicado por Trintona(inha) às 00:34
sinto-me: Bem
música: Jorge Palma - Olá (Cá estamos Nós Outra Vez)

13
Ago 08

Sexta-feira, feriado... Boa desculpa para uma escapadinha... Não é? Pois, e eu vou aproveitar essa grande desculpa que é um fim-de-semana de 3 dias...

 

Acho que finalmente vou conseguir acabar o meu livro, e já tenho dois candidatos para a substituição. No momento logo decido por qual começo. (Pois, não vai ser concerteza um fim-de-semana escaldante, a não ser que a costa alentejana esteja recheada de cães que dão boas mordidas, não de rafeiros como em Lisboa...)

 

Vou de mini-férias com o IMC mais baixo desde há... uns 3 anos... ou mais... "Há lá coisa melhor" lool

 

Faço anos daqui a alguns dias... Tenho que começar a planear como vai ser o meu dia... E nesse mesmo dia entro de férias novamente... Ui... Como vai saber bem...

 

Não sei como vou conseguir passar 3 dias sem internet, messenger, blog e comentários (obrigada :-)... Sim, sim, sou viciada, eu sei... Mas ao menos admito-o!

 

Bom, até domingo à noite ou segunda... Beijos!

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 23:31
sinto-me: Já lá!
música: Will I Am - I Got It From My Mama

10
Jul 08

 

Hoje, na RTP2, passava em rodapé a informação de que, em Portugal, na meia-idade, 60% dos homens e 40% das mulheres tinham tido pelo menos um encontro extra-conjugal.
Claro que, posto assim, tenho grandes dúvidas.
Primeira, o que é meia-idade. 50 anos?
Depois, o que é um encontro extra-conjugal? Um simples café com alguém por quem se sente uma atracção e o companheiro não tenha conhecimento? Duvido que tenha sido esse o critério do estudo... Parece-me um pouco redutor só ser considerado extra-conjugal se tiver havido sexo... Em algumas das vezes que li coisas sobre o assunto, encontrei uma que é a "minha" definição: é todo e qualquer acto ou pensamento que, se soubéssemos que o nosso companheiro teria conhecimento, não poríamos em prática... Penso que, se fosse este critério (ok, é demasiado abrangente, eu sei... mas quando o pensamos relativamente à pessoa de quem gostamos talvez não pareça assim tanto, não?), apareceria a percentagem 100% / 100%... E não estou a dizer que, segundo esta definição, eu nunca teria traído... Claro que sim...
Depois, 60%? Ui, ui... ou sou eu que conheci os homens errados até hoje... ou é por serem de Lisboa... Ou o número está subestimado! E 40%? Bom, quanto a isso, não tenho muitas certezas. As mulheres de meia-idade que conheço são demasiado espertas para deixarem transparecer se alguma vez “fizeram chichi fora do penico”. Provavelmente, muito graças à diferença cultural... Homem com muitas mulheres, grande macho. Mulher, puta. Pois. E, quanto aos homens, não estou a falar dos que me foram qualquer coisa... Estou a falar de todos os que conheci ou conheço, nos vários meios por onde me movimento... Trabalho, lazer (pouco hoje em dia, infelizmente), ensino...
Será que é mais fácil trair em meio urbano? Penso que sim... Em meios pequenos deve ser muito mais difícil ter uma aventura sem que todos saibam. Por isso era interessante saber onde foi efectuado este estudo.
Talvez também seja interessante imaginar um estudo feito com a minha geração daqui a 20 anos... Ui, ui, ui... Acho que não conheço um único homem da minha geração que não tenha já traído... Mas também me parece que as mulheres desta mesma geração nunca se iam ficar pelos 40%. Acho bem. Se ficam tranquilas com isso, força! E se lhes dá prazer...
A semana está a acabar e continuo sem o número do Labrador... É pena... Mas já começo a aprender a ser paciente... Até porque às vezes o melhor é mesmo a altura do flirt... Quando se torna realidade, às vezes, fica desinteressante, não é? Espero que não venha a ser esse o caso, se é que vai chegar a acontecer. Mas há muito peixe no mar... E eu adoro peixe... (Os peixes também mordem!!!) Grelhado, assado, em caldeirada... Especialmente em caldeirada... ;-)
Bom, hoje fico por aqui... Talvez o fim-de-semana traga novidades... ;-)
 
Bjs
Trintinha
publicado por Trintona(inha) às 22:23
sinto-me: Bem comigo mesma!
música: My hips don't lie - Shakira feat Wyclef

04
Jul 08

Comecei este meu post ontem, na esplanada, a curtir um cafézinho... Mas ao tentar passar para o telemóvel... fiz asneira... enfim... E não consegui passar do segundo parágrafo...

 

Anteontem acabei por ir ao cinema, sozinha... Mas antes só que mal acompanhada... E fui ver um filme muito interessante... «Obsessão mortal»... Já comecei a pesquisar sobre alguns assuntos lá referenciados, mas não são poucos e não é fácil... Mas a história dos date rapists, por exemplo, já me fez encontrar algumas coisas interessantes... Sinto-me como se tivesse adormecido de um coma... de 7 anos...

 

O Rafeiro1 voltou a mandar-me SMS. Tem trabalho novo, deve ser disso. Tá com saudades minhas, e tal... Mas quando chega o momento de marcar uma hora... para a semana. Favas! Despachei-o.

 

O Rafeiro2 continua a falar, e tal... Quando eu puder... Mas tenho grandes dúvidas...

 

O Concord faz-me sentir muito bem... sabe o que dizer, como dizer... os quarentões têm mesmo boas vantagens... ;-)

 

Ontem foi «dia do desporto»... ou seja, dos dois desportos... o yoga, que me faz bem ao corpo - já se começa a notar as alterações - e à mente... deixa-me relaxada... O outro desporto, quem o faz é a minha menina, mas eu saio de lá revigorada!!! Este avião tem mais de um metro e oitenta e cinco, mas tem tudo o resto que eu gosto... E ontem fez questão de falar na faculdade que frequentou... ou seja, mostrar que é inteligente... gostei do toque... ;-)

Este morde de certeza... e eu só estou à espera de uma oportunidade... Dou-te também umas dentadas... Vou chamar-lhe Labrador... Lindo, atlético, inteligente... e com uma boa boca para me dar umas boas dentadas... E mostra-se interessado, claro... Pena que só o vejo duas vezes por semana...

 

Bjs

 

Trintinha

 

 

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 19:19
sinto-me: Muito contente...
música: The Story - Brandie Carlile

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO