Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

21
Jun 08

 

No decurso de uma conversa com uma amiga, ocorreu-me mais um tema para o blog... Em jeito de conselho mas também de lembrete para mim, para nunca mais cometer este erro.

 

Há pessoas que se habituaram a obter o que querem na vida vitimizando-se. Ora, isto nas relações amorosas também funciona... Pelo menos do lado que eu conheço, o feminino, funciona. O menino chega, diz que foi muito infeliz nas escolhas de vida, que os pais foram maus, as ex-namoradas ou ex-mulheres eram umas megeras... E nós começamos a sentir pena, deixamo-lo aproximar-se porque gostávamos de o poder ajudar... E daí até acharmos que podemos ser nós a fazê-lo feliz é um pulinho...

 

Só que uma relação assente na premissa da pena e de apenas fazermos o outro feliz, na minha opinião, está condenada ao fracasso desde o início...

 

Não pretendo ter a receita para um relacionamento feliz (bem gostava), mas parece-me que este é mesmo um mau ponto de partida... Alguém discorda/concorda?

 

 

Bjs

 

Trintona

 

publicado por Trintona(inha) às 20:56
música: da weasel - mundos mudos
sinto-me:
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
19
20

22
28

30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO