Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

17
Ago 08

O fim-de-semana prolongado foi óptimo... A costa alentejana ainda é o que era, muito sossego, excelente praia onde se consegue ouvir o mar e não o relato de como foi a semana da família ao nosso lado. A praia, só por si, é lindissíma.

 

Os 3 dias, por outro lado, serviram bem o seu propósito, o de recarregar baterias até às férias. Que começam no meu dia de aniversário, 32 primaveras, no final da semana que vem. Que bom...

 

Ao ler um outro blog, o diário de uma divorciada, veio-me à memória uma das questões mais preementes no meu fim-de-semana... Porque é tão difícil olhar para um homem e pensar «Assim, sim...»

 

Chego a pensar... devo ser eu que sou muito exigente... E estou só a falar da parte física, porque se vamos para a parte do psicológico, do interior... Ai... Mas voltando ao físico... Nos três dias que lá estive, só houve um elemento do sexo oposto que me fez virar a cabeça... Passo a descrever, pois então, que é o protótipo daquilo que eu gosto de olhar...  E claro, se tal me fosse permitido, mais do que olhar...

 

Já aqui disse... alto. É a primeira coisa que me salta ao olhar. Já aprendi a tirar o limite superior da altura... Mas o do inferior ainda não consigo abdicar... Um homem com menos de 1,70 fica da minha altura, porque ando invariavelmente de saltos... E não acho atraente. Pronto. Azar, se calhar meu. Mas não me atrai.

 

Este era moreno, cabelo castanho, olhos escuros também. Normalmente, é este o género que mais me cativa o olhar... Para ser loiro e eu achar giro, tem que ter mesmo uma cara fenomenal... ;-) Olhos verdes, azuis ou cinzas... Não me atrapalha...

 

Vestido com cuidado, apesar de praticante de desportos radicais (vejam lá se eu não tenho olho)... T-shirt preta, calção caqui, botas limpas...

 

Deixo por último a cara. Apesar de parecer ser ordem do dia andar de barba por fazer, este espécimen trazia a cara impecavelmente limpa... sem vestígios de pêlos... E uns traços perfeitos, lindo...

 

E não é que, ao passar por ele no caminho de volta dou com ele a mirar-me prolongadamente?!?! Logo a horas de eu me vir embora?! Não há direito!

 

Mas o busílis da questão é... Tanto homem e só um tinha um exterior que se aproveitasse!? Claro que, se eu estivesse interessada em avaliar o interior... provavelmente teria uma decepção... Onde é que andam os homens giros?!

 

Mas depois penso... Em relação ao grau de exigência... Se eu já nem falo das questões interiores... Estamos a ser exigentes? Não sei. Acho que não. Fico baralhada...

 

Bom, e amanhã começa a penúltima semana laboral, antes de começar uma nova época, com novas rotinas familiares... Grandes revoluções me aguardam...

 

Beijos!

Trintinha

 

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 22:20
música: Meravigliosa creatura - Gianna Nannini
sinto-me: Com as baterias no máximo!

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

18
20
22
23

26
28
29

31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO