Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

06
Set 08

Bom, como prometido, aqui vai um post  com as minhas reflexões sobre esta nova e interessantíssima espécie. Muito se passou desde o último... E não é que não tenha tido tempo para escrever... penso que não vou conseguir fazê-lo sem parecer uma adolescente, coisa que não quero que aconteça. Seria um regresso a uma inocência que eu não me quero permitir... Talvez faça mal, mas é difícil pôr de parte um conjunto de medidas de defesa que se assumiram nestes últimos anos...

 

Claro que seria difícil acreditar cegamente em tudo o que me digam neste momento. Mas os alarmes que soavam quando o telemóvel vibra e não é atendido já não tocam. Interpreto isso como uma questão de educação. Estamos ali para estarmos juntos, não para atender chamadas. E uma, de trabalho, foi atendida à minha frente, com a respectiva explicação de inadiabilidade... Eu faria o mesmo, se tal situação surgisse... Recebi uma mensagem e não a fui ver... Temos saído nas mais diversas situações, horários, pelo que o receio de ainda haver uma relação anterior começaram a dissipar-se. Não desapareceram totalmente, mas já não penso nisso...

 

A questão do cozinhar para mim está resolvida... E com sucesso... A minha contribuição foi... apenas de fornecer inspiração... ;-)

 

É uma pessoa completamente diferente de todas as que conheci até hoje. E posso dizer que não foram poucas... Sinto-me cada dia com mais vontade de estar com ele a todas as horas, de partilhar momentos com ele... Voltei a sentir coisas que, até o começar a conhecer melhor, diria ser impossível. Que raio, tenho vontade de o apresentar aos meus filhos!!! Parece-me que a única coisa que ainda não tive vontade foi de morar com ele. Nisso, continuo a não ver vantagem para mim. Posso ter tudo sem ser necessário dividir chatices. Parece-me. Embora tenha que assumir, com humildade, que, em semanas, ele me fez pensar coisas que eu nunca imaginaria enquanto fosse trintona...

 

Que dizer mais? Ah... Posso dizer que, realmente, poder juntar um cérebro interessante com um invólucro tão ou mais interessante é, realmente, delicioso... E não tem qualquer comparação com um vintinho que, inicialmente, até pareceu ter uma conversa agradável... É como comparar um bom vinho tinto com um copo de água... Ambos servem para beber, mas o vinho é... sublime...  ;-)

 

Beijos

Trintinha

 

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 23:45
música: Eternamente Tu - Jorge Palma
sinto-me: Nas nuvens...

04
Set 08

 

É uma boa raça...

publicado por Trintona(inha) às 11:55
sinto-me:
música: Encosta-te a mim - Jorge Palma

02
Set 08

Quando estou muito tempo sem escrever aqui, tenho o problema de não saber bem por onde começar.

 

Comecemos pelo princípio da semana, pela segunda-feira... Fiquei uma semana duty-free (being a mommy)... Pode parecer uma eternidade, mas o segundo dia já está no fim... E claro, estou de férias...

 

Na segunda fui tomar um café com a criatura que, até agora, que me fez, aí na ordem dos 5%, acreditar que afinal, life after love é possível... Fala português irrepreensivelmente (até me dá baile... lol), inglês, francês... Escreve igualmente bem. Gosta de poesia, de história, das artes em geral. É cavalheiro... pergunta se pode antes de... Mostrou-me que, afinal, a música francesa também se aprecia... Nem a propósito, Madame Bruni... Intelectualmente, e não querendo parecer convencida mas já o sendo, à minha altura, ou mais acima... O que, só por si, é delicioso...

 

Em termos físicos... Eu estava 100% certa no máximo de 1,85... Fica mesmo no ponto... ;-) Giro, magro (pensava eu demais)... Cabelo bem curtinho... Olhos expressivos, castanhos, moreno q.b. Do que pude observar, corpo trabalhado mas natural... Não é peludo (:-D)!!! Mais um ano que eu. Sentido de humor refinado, tal como ele. Levou-me a um sítio lindíssimo, onde me beijou... Ou seja, se esta história tiver algum tipo de progresso, a primeira vez que nos beijámos... Muito bonito. Ainda não perguntei se foi premeditado, mas é bonito na mesma.

 

Um beijo delicioso, terno, meigo, de quem sabe bem que tipo de sensações quer transmitir... Tocá-lo (nada de pornoxaxada, tocar o pescoço, os braços, o tórax...) foi uma experiência como há muito não tinha... Ou talvez nunca, não sei... Agora que cheguei aos 32 entendo o que a classe trintona quer dizer com expressões como «sentidos apurados»... É surreal o tipo de sensações que ele me despertou, sem cariz sexual propriamente dito... Em oposição por exemplo ao vintinho...

 

Cheguei a casa à hora que já algumas pessoas saiam para o trabalho... E que bem sabe... Vamos sair outra vez, não sei o que faça em relação ao que lhe diga sobre a minha vida familiar actual... Já aflorei o assunto mas não falámos abertamente. Ele fala em levar-me a conhecer todos os sítios de que, tão entusiasticamente, fala... Mas não sei se isso significa algo... Para além da vontade de partilhar... Palavras dele...

 

Leio as minhas próprias palavras e penso... é demasiado bom para ser verdade... Onde está o catch? Ele diz ser divorciado... Mas hoje em dia não se pode facilitar... Eu bem sei... E talvez por saber demais é que o meu radar não pára... Como interpretar o telemóvel em silêncio? Pura educação ou algo a esconder... Interpretar estes sinais já não é fácil, para mais com a minha bagagem... Sei que tenho que dar tempo ao tempo, sair uma vez mais, ver se acalmo o meu instinto ou se, pelo contrário, o alarme soa... Como lhe disse... «Quando a esmola é grande, o santo desconfia...»

 

Para ser coerente, vou dar-lhe o nome de uma raça canídea... Wolfhound Irlandês...

pt.wikipedia.org/wiki/Wolfhound_Irland%C3%AAs

 

Beijossssssssssss

 

publicado por Trintona(inha) às 18:53
sinto-me: Nas nuvens...
música: Raphaël - Carla Bruni

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
19
20

23
24
25
27



subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO