Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

11
Nov 08

 

Não sou pessoa dada a depressões.

 

Sou daquele género de pessoa que vê o copo sempre meio cheio. Nem é um esforço... sou assim e pronto.

 

Mas no dia em que coloquei o penúltimo post via mesmo tudo negro. Apetecia-me fugir. Talvez fosse TPM... :-D

 

Hoje, por exemplo... não me sinto bem fisicamente, mas estou muito bem psicologicamente...

 

A vida é simples, nós é que a complicamos... E para quê? No meu dia-a-dia profissional vejo tantos problemas, bem graves... Talvez isso contribua para a minha visão positiva da vida.

Viver o dia de hoje tentando fazer dele o melhor possível com o que a vida nos dá... Tentar não magoar ninguém... Se pudermos contribuir um pouquinho para a felicidade dos que nos rodeiam... Seremos pessoas bem mais felizes assim... E claro, ter sempre em conta que há sempre um motivo para tudo... Talvez a razão pela qual temos coisas negativas na nossa vida seja para que melhor possamos apreciar as coisas positivas!

 

Beijos!

 

publicado por Trintona(inha) às 19:30
sinto-me: Contente, why not?
música: Viva la vida - Coldplay

2 comentários:
Por vezes há lições que podemos retirar das nossas vivências, mas quando investimos e não temos feedback, é triste.
Copo meio cheio ou meio vazio? Depende. O copo pode estar meio cheio de água, ou meio cheio de nada. Pode também estar meio vazio de água, ou meio vazio de tristeza. Depende, varia.

Bom blogue, Bonus trintonae familiae

Beijos,

RA
diariodeumfrustrado a 14 de Novembro de 2008 às 20:25

Olá

Não imagino copos meios vazios de tristeza. Isso resolve-se. Há muitas formas de resolver. Mas adiante.

Obrigada, ainda bem que gostaste...

Beijo
Trintona(inha) a 18 de Novembro de 2008 às 00:10

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
21
22

23
25
26
28
29



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

48 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO