Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

05
Dez 08

Já imaginaram como seria o mundo se toda a gente fosse como vocês próprios? Eu já. Imagino-o imensas vezes. Hoje, ao ver um anúncio na televisão, achei que daria um bom tema para um post.

 

Então vamos lá, pelo bem e pelo mal. Se todas as pessoas no mundo fossem como eu... E aqui já uma ressalva... Teria de haver homens e mulheres na mesma. Só um sexo, para além de estéril, não teria metade da piada...

 

Não se filmariam novelas porque não haveria público. Filmar-se-iam muitos filmes porque, para além de gostar muito, não tiro filmes da net, gosto de ir ao cinema e gosto de ver um bom DVD em casa.

 

Cada casa teria uma Nespresso - não tenho mas queria muito ter.

 

Toda a gente teria filhos, porque não consigo conceber a minha vida sem filhos. E isso leva-me ao ponto seguinte.

 

Haveria tolerância. Não haveria atitudes homófobas, xenófobas, racistas... Desde que não haja invasão da privacidade e dos direitos em geral dos outros, por mim está bom. Não tenho problemas de intolerância. Ok, tenho um bocadinho. Contra a burrice. Daquela muito incrustada e orgulhosa.

 

Só haveria uma editora, ou talvez nem isso. O último livro que comprei foi no Verão e ainda não o acabei de ler :-S

 

A Bolsa não existiria, porque não gosto de jogos, muito menos os que envolvem o meu dinheiro...

 

Haveriam muito poucas bebidas alcoólicas. Nada de vinho, nem cerveja, nem whisky, nem rum... Talvez um Beirão, ginginha, Malibu, amêndoa amarga...

 

Não existiriam ginásios, nem estádios de futebol, nem ringues de desportos de luta. Haveriam, isso sim, piscinas. Muitas.

 

O pacote de TVCabo teria o não-sei-quê-network, 24horas por dia de programas de culinária. De preferência com o Jamie.

 

Toda a gente gostaria de sexo Gostava de dizer «toda a gente teria a sua sexualidade bem resolvida», mas não sei se posso dizer bem assim...

 

Não haveriam tabus.

 

Não haveriam carros a custar mais do que famílias inteiras ganham num ano de trabalho. Porque os carros servem para nos levar do Ponto A ao Ponto B e não moramos lá dentro. Sim, sei que são um poderoso instrumento para "dar" status...

 

Não haveriam crianças abandonadas e/ou maltratadas.

 

Não haveria ninguém que não usasse internet, porque já não consigo viver sem ela...

 

Não haveriam pessoas que estão com 2, 3 ou 4 pessoas ao mesmo tempo. E não estou a falar de orgias ou threesome. Não posso falar do que ainda não experimentei...

 

Haverão muitas, muitas mais coisas... Mas hoje fico por estes pequenos apontamentos...

 

Beijos!

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 22:20
música: Viva la vida - Coldplay
sinto-me: Bem

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

16
17
18
19
20

23
27

29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO