Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

04
Mai 09

 

Será que existem realmente pessoas que estão "sozinhas"  (leia-se sem namorado/a, companheiro/a, marido/mulher) por opção própria?

 

Ou será que apenas são exigentes e não conhecem, dentro das suas opções disponíveis para aquele momento em particular da sua vida, alguém que crêem cumprir os "requisitos"?

 

Sempre acreditei que uma pausa entre relacionamentos é benéfica. Coleccionar pessoas, quer sejam homens ou mulheres, uns atrás dos outros, sem pausa para respirar, penso que, não trará benefícios senão aqueles que têm pavor de estarem sós.

 

Se esse período deverá ser de uma semana, um mês ou um ano, também creio ser variável de pessoa para pessoa, de fase de vida para fase de vida. Conheço pessoas que estão há dois anos sem ninguém. Custa-me (muito) a acreditar, mas juram-me que é verdade. Não será um pouco exagerado? E o "prazo mínimo", existirá?

 

 

publicado por Trintona(inha) às 23:12
música: Nada hoje

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO