Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

04
Set 10

 

Desde há uns dias para cá voltei a sentir saudades tuas. Conscientemente, não consigo apontar nenhum factor para que isto aconteça. Não falei contigo, não recebi nenhuma mensagem tua, não me cruzei contigo, não ouvi nenhuma música em particular que me faça lembrar de ti.

 

Na minha caminhada de hoje, dei-me conta que, quando avisto um homem muito alto, ao longe, desejo que sejas tu, a fazer o teu treino. Fico mesmo um pouco desiludida quando confirmo que não és tu. Parvoíce. Nem parece meu.

 

A vida mudou, eu segui em frente, estou certa que tu seguiste também. As memórias dos nossos momentos seguir-me-ão o resto da vida, nem eu queria que fosse diferente. Mas, de vez em quando, e, felizmente, cada vez mais raramente, tenho estes momentos. Momentos em que oiço uma das "nossas" músicas... e choro. Choro de saudades, de não te ter tido até me fartar de ti. Sim, é isso. Afastei-te porque não aguentava mais o que tínhamos mas tive momentos de muitas dificuldades em seguir sem ti.

publicado por Trintona(inha) às 20:55
sinto-me:
música: http://www.youtube.com/watch?v=rfxqW9QwOSI
tags:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO