Considero-me uma trintona média, logo, representativa da Classe... mas posso estar enganada...

16
Jul 08

 

Depois de ler um dos destaques do Sapo de hoje, o do fã do Zezé Camarinha, fiquei inspirada para escrever sobre sexo. Para começo de conversa, eu não sei muito bem quem o senhor é. Ok, é um homem, do Algarve, cota, pelo que me lembro, que papava as «cámones». Até aí, acho óptimo. Elas vêm a Portugal, e se procuram sexo, que alguém lhes dê, de preferência, do bom. Agora, pelo que pouco que entendo do assunto, parece-me que ele, os seus fãs e outros que tratam as mulheres do mesmo modo, tratam-nos como vacas no matadouro, apenas um número a elevar. Ok. Estão no seu direito. Mas estão à espera que gostemos de ser assim tratadas? I think not!

 

Vendo a coisa por outro prisma, para uma mulher seria facílimo fazer isso. Arrisco-me a dizer que, se eu ou uma mulher equivalente a mim (significa isto apenas que tenha a mesma experiência que eu tenho com os homens em geral, o como eles respondem a uma «proposta» -  e não precisa ser explícita...) teria a proporção ao contrário. Este fã diz que, se investir em 100 mulheres, consegue 10. Eu tenho dúvidas que, se eu tentasse 100 homens, 10 recusariam... Mas adiante.

 

O que é que faz de uma experiência uma boa ou má queca... Isto é post para várias horas...

 

1º. O homem em si. Isto pondo de parte as minhas tendências bissexuais, que acho que já esclareci na minha cabeça que homossexual restrita muito dificilmente serei alguma vez. Ok. Tem que ser alguém sexualmente atraente. Não querendo cair no óbvio, alguém bonito, alto, inteligente, com algum status (desculpem a sinceridade), com mais de 20 mas menos de 45 (poderiam haver excepções, mas convém não aparentar, pelo menos, mais de 45), cheirosinho...

 

2º. O sítio. Se o sítio proposto é a minha casa, é sinal que o moço não possui cantinho próprio. Como já expliquei anteriormente, é um ponto a menos. Ou mais. Depende, talvez, da idade do jovem em questão.

 

3º. Como começamos. O ambiente, se foi criado pelo jovem, e é o adequado... são vários pontos a mais... Velas, música ambiente adequada, umas flores na casa... E se cozinha para mim... ui... Nem que seja só um bife e uma salada... É  intenção que conta, não a refeição em si... certo?

 

4º. Se demonstra que está interessado em que eu goste mesmo do momento ou se só pensa no próprio umbigo... Tal como é válido para nós, se gostamos de algo é natural que o outro goste de receber do mesmo... estou a pensar em sexo oral, mas o mesmo é válido para uma massagem, para uma roupa interior interessante...

 

5º. Ter preservativos. Volto a dizer que não há volta a dar neste assunto. Se não os tem, é mau sinal...

 

6º. Ter uma atitude cool. Não sei como pôr isto de outra forma. É não sugerir, como se estivesse a falar com a mulher da praça, o que se gostaria de obter. É não perguntar no final se se gostou. É talvez, de preferência com conhecimento de causa, que se é bom, que não é preciso perguntar. É sinal de que nos fizeram gritat tanto de prazer que não é preciso perguntar...

 

7º. A atitude que se adopta depois. Não mostrar descaradamente que nos querem ver pelas costas... Também não gosto de melgas, mas acho que há quem goste. Não gosto de dormir abraçada, por exemplo, mas tenho noção de que há quem goste...

 

8º. Quanto ao telefonar ou entrar em contacto depois, isso depende. Já aqui referi uma vez que, se o objectivo foi só mesmo aquela noite, tá optimo. Se não... depos digo-vos... ;-)

 

9º. Se tiver uns brinquedos sexuais interessantes... Marca mais uns pontos no quadro... ;-)

 

A ver vamos se amanhã escrevo um post na posse de um determinado número de telemóvel... Ou seja, com um sorriso de orelha a orelha...

 

Beijos

Trintinha

 

 

 

publicado por Trintona(inha) às 18:59
música: Ronan Keating Feat Yusuf Islam - Father And Son
sinto-me: Esperançada!

10 comentários:
olá...concordo com a tua lista embora não gosto que seja ele a cozinhar.prefiro ir a um restaurante..nao me quero arriscar a comer akiloq que nao gosto..loooooooool.bjs
intimidadessensuais a 16 de Julho de 2008 às 21:26

Olá

Percebo o teu ponto de vista, já deves ter comido algumas coisas intragáveis... ;-)

Mas o que eu queria dizer é que um homem que se dispôs a ir às compras, preparar algo comestível e mostrar essa sua faceta... Acho irresistível...

Bjs

Ok 9 pontos de vista bem analizados e até me enquadro perfeitamente em 8, mas o 1º esse é que estraga tudo tenho mais de 45 estou fora de validade.
Eu vou passando por aqui pois até gosto do que escreves e até pode ser que um dia mudes de ideia e esqueças o ponto 1º, sim o 1º que me põe fora das tuas preferencias.
beijo
PS. Penso que um gajo com 20 anos não te vai dar o mesmo prazer que um de 48 :)
jozito a 17 de Julho de 2008 às 09:23

Olá "jozito"

Fora de validade? loool
45 anos... bem, tudo depende se o tempo foi bom para ti! O «meu» Labrador tem 43... :-D

Já experimentei o da casa dos 20... Vamos ver os da casa dos 40... ;-)

Beijos

Oi Trintinha,

Tudo bem? É verdade já de volta Portugal :)
Bom, porque leio... está visto que eu devo ser o homem ideial! LOL LOL....
Já agora.. bife e salada... pode ser algo muito requintado.. depende do que se faz... aliás quem gosta de cozinhar faz de pouco muita coisa ;)
beijinhos,
Cheers!
john4sex a 17 de Julho de 2008 às 11:53

Olá John!

A City, estava boa, como sempre... ;-)

O homem ideal? Nunca se sabe!

Quando digo bife com salada não digo sola de sapato com alface mal lavada! Um bife bem temperado, pimenta moída na hora, flor-de-sal (pouca), frito em manteiga... Com natas no final... a enriquecer o molho delicioso... A salada pode ser uma mistura de alface lisa e frisada, com cenoura ralada, tomate cherry, cubos de queijo, passas e azeitonas, temperada com azeite extra virgem, de pimentas... Good enough?

lol

Das coisas do lar, a única coisa que faço com prazer é cozinhar... Disse bife com salada porque já me habituei à ideia que nunca vou comer Bacalhau à Zé do Pipo ou uma Massada de Peixe feita por um namorado meu... Penso mal? Não sei. Talvez seja só realista.

Beijos!

Ora viva Trintinha,
Pois, com que então uma chef gourmet :). Acho muito bem, contudo apenas alguns reparados, em vez de pimenta que faz mal à saúde, um pouco de piri-piri… já agora em relação à salada... uns cubinhos de queijo cai sempre bem, se possível um pouco de nozes e endívias para manter linha já agora ;)
Seja como for, parece-me bastante bem… contudo a teres perdido as esperanças… a sério não vás por ai… nunca se deve perder a esperança. Aliás como se costuma dizer, a esperança é a ultima a morrer! (sorriso)
Sobre o bacalhau á Zé do pipo…. Eu pelo meu turno prefiro bacalhau à massa folhada, ou então, à Brás ou envolto em vegetais. Enfim é tudo uma questão de prazer ao fazer, para se ter prazer ao comer, (if you know what i mean).
Portanto nada de desesperar, tudo acontece a seu tempo! O importante é seguir em frente com os sonhos que se tem! Isso sim é o mais e será sempre o mais importante!
Beijos!
Cheers
john4sex a 21 de Julho de 2008 às 09:02

Como sempre, as mulheres têm expectativas MUITO ALTAS. Até para um simples encontro sexual.
Idade, aspecto, atitudes, gostos, comportamentos, posses...
Então, para uma queca não chega um gajo com bom aspecto, bem educado, que tenha tanta vontade de dar como de receber? Vamos a ver os teus pontos:
1 - Maior de 18 anos. É condição obrigatória e, se tiber um aspecto que te agrade, devia ser o suficiente, não?
2 - Tens a certeza de que estavas mais à vontade na casa dele? mesmo que o conheças pouco?
3 - Um ambiente aprazível, sejam quais forem os adereços, não é quanto baste?
4 - Concordo contigo. Mas é daquelas coisas: só no fim é que temos a certeza.
5 - Tens toda a razão. Mas à cautela, leva também. Mesmo que ele os tenha, podem ser precisos mais. E se ele se esqueceu apenas por causa dos nervos, bom, talvez mereça uma oportunidade... Se não, finge que não levaste e raspa-te.
6, 7 e 8 - Também é daquelas coisas: só no fim...
9 - Eh lá???! Espero bem que te refiras aos membros e orgãos próprios do ser humano. Se fores com um homem, claro. Olha que um gajo que te apresenta, logo na 1ª vez, um vibrador, bolas tailandesas, etc., é no mínimo estranho. Desconfia.
Agora quanto ao malfadado número de telemóvel, tens a certeza que o labrador não é gay? tanto interessse da tua parte e ele não dá bola? Huum, ou é gay ou tá ocupado.
Miguel a 18 de Julho de 2008 às 14:08

Olá Miguel

Claro que as mulheres têm expectativas altas. Não achas bem? Vocês não as têm também, à vossa maneira?

Para uma queca chega um gajo com bom aspecto, bem educado, que tenha tanta vontade de dar como de receber, mas nem sempre dá vontade de repetir só com esses pontos, entendes?
Eu não disse 18, disse 20. Vinte já acho pouco, imagina 18.
Eu também não disse que ia para casa dele. Aliás, tenho um convite desse género e recuso-o precisamente por isso.
O ambiente, se foi criado por ele, deve ter adereços simpáticos, não achas?
Pois é, em relação à atitude na cama ou fora dela, só se sabe depois de experimentar...
Eu tenho sempre preservativos comigo. Sempre. Por si só é motivo para um post, mas tenho. Nervos? Não me parece que seja desculpa para a sua ausência. Mas claro que pode haver atenuantes, ou ele pode ser tão interessante que usamos os meus, sem perguntas.
Bom, pensando bem, tens razão. Nem eu ia usar um vibrador que não sei por onde andou. Do mesmo modo que não tenho sexo sem preservativo. Mas pode ter um lubrificante, uns preservativos especiais... Sei lá...
Em relação às tendências do Labrador... nem eu dou assim tanta barraca, nem ele é gay... Isso de certeza... ;-) Trabalhei alguns anos com alguns e costumo detectá-los bem... Ocupado? lol Não acredito em homens que não vão porque estão «ocupados».

Beijos!

Há homens que quando estão "ocupados", é para valer. Falo por mim.
Que dirias se eu afirmasse que não acredito na existência de mulheres fiéis?
Miguel a 22 de Julho de 2008 às 10:37

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

14
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
29
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

49 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO